Jedaísmo: A 'filosofia' Que Impulsiona Os Fãs De 'Luta Nas Estrelas'


Constituição De Blogs Archives


No tempo em que eu estive fora, vi alguns treinadores, como Luis Enrique, quando teve oportunidade pela Roma, ser trucidado. Não foi por acaso que Felipe Melo foi o escolhido para oferecer a entrevista coletiva no Palmeiras. O jogador defendeu com unhas e dentes o novo comandante Roger Machado. O primeiro foi mostrado pelo web site, ainda ontem. Houve uma grande rejeição pelos conselheiros que mantêm Mauricio Galiotte no poder.


Eles não se conformaram na contratação do treinador, que tem um perfil muito parelho com o de Eduardo Baptista. E que não conseguiu se referir diante do elenco ricaço e recheado de jogadores significativas, o Atlético Mineiro. O Palmeiras montará uma equipe em 2018 que seguirá o mesmo modelo. Como ocorreu em 2017 e que acabou 'engolindo' Eduardo Baptista.

  • Fraudes com cartão de crédito
  • Gala Gonzalez, Amlul by Gala Gonzalez
  • 1 Recomendo ler sobre a Introdução das estratégias de Seo (otimização para motores de buscas)
  • Norma 3: "Skype" termina com vogal, assim: se3Parqui

Felipe Melo foi escolhido como escudo de Galiotte por ser o jogador com maior notabilidade diante dos torcedores. E o que tem superior personalidade para encarar o debate com os jornalistas. Com todo o prazer, ele 'deu a cara' pra proteger o novo comandante. Até porque, aí vem a novidade. Vinte e um milhões que Felipe Melo tem a receber entre luvas e salários para permanecer no clube. Ou melhor, a dedicação que a cúpula palmeirense tinha em negociar Felipe Melo, neste momento não mais existe.


Se fosse contratado um técnico vivido, experiente, 'cascudo', agregador, como defende abertamente, por exemplo, o presidente do Conselho Deliberativo, Seraphim do Vasto, e o clube estivesse pacificado, Felipe Melo teria poucas oportunidadess de escoltar no clube. Só que o anúncio da contratação de Roger Machado dividiu, rachou o lugar palmeirense. Do Amplo e vários conselheiros relevantes ficaram decepcionados com a possibilidade. Em razão de tinham a convicção que uma pessoa vivido seria contratado.


100 milhões que a Crefisa vem colocando anualmente no futebol. Galiotte sabia dessa preferência. E até tentou satisfazê-la. Conversou com Mano Menezes e com Abel Braga. Mano quis o controle total do futebol. E se dizia com obrigação moral de seguir no Cruzeiro. Ficou em Formoso Horizonte. E Abel Braga estava indeciso.


Tinha o Fluminense, com contrato até dezembro de 2018, e o robusto assédio do Internacional, que tem laços afetivos. Todavia os dirigentes palmeirenses desistiram veloz. Ao invés escoltar no mesmo perfil, apostaram em um treinador jovem, honesto, trabalhador. Mas que vem de 2 fracassos. No Grêmio e no Atlético Mineiro, os únicos clubes grandes onde trabalhou como técnico.


Esse é o superior impasse entre os conselheiros. Felipe Melo, animado com a notícia que seguirá no clube, se incumbirá de aproximar o elenco de Roger Machado. E ajudá-lo como puder. Talvez fosse a ausência de um líder trabalhando a teu favor que tenha faltado no Grêmio e no Atlético Mineiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *